Buscar por:  

Assine o RSS

Voltar 18/04/2018 - O Globo

BNDES

Novo presidente do BNDES faz mudanças na diretoria do banco

Para Dyogo Oliveira, a instituição tem ‘dinheiro sobrando’ para devolver ao Tesouro

O novo presidente do BNDES, Dyogo Oliveira, anunciou ontem a segunda reestruturação na diretoria da instituição em menos de um mês. O colegiado passará a ter apenas seis membros, dois a menos que na composição que valia até agora.

Deixaram o BNDES os diretores Marilene Ramos (Infraestrutura) e Carlos Da Costa (Indústria). Os remanescentes voltam à posição anterior à dança das cadeiras feita por Paulo Rabello de Castro pouco antes de deixar a presidência do banco, no fim de março. Dyogo trouxe do Ministério do Planejamento Marcos Ferrari para a diretoria de Governos e Infraestrutura. Já a indicação para a diretoria do BNDES de José Bevilaqua, atual diretor de informática do IBGE, feita por Rabello, não se efetivou.

Em entrevista à Rádio Globo ontem, Dyogo afirmou que o principal foco do BNDES agora é “pulverizar” os recursos para empréstimos, tendo a digitalização como estratégia para ampliar o acesso a crédito por pequenas e médias empresas.

— O BNDES vai ter o tamanho necessário para o desenvolvimento do Brasil. Ele não precisa ser gigante. Hoje, a demanda de dinheiro no BNDES é menor do que o volume de recursos que o banco tem. Tanto que está sobrando dinheiro para devolver ao Tesouro — disse ele. (Glauce Cavalcanti)

Fonte: O Globo, 18 abr. 2018

by vm2

ABIMAQ - Associação Brasileira da Indústria de Maquinas e Equipamentos.
2018 Todos os direitos reservados.

Rua: Santa Luzia, 735 - sala 1201 - Centro - CEP: 20.030-041 - Rio de Janeiro - RJ
Tel: (21) 2262-5566
E-mail: srrj@abimaq.org.br